A condição humana

O fato de que o homem é capaz de agir
significa que se pode esperar dele o inesperado,
que ele é capaz de realizar o infinitamente improvável.
E isto, por sua vez,só é possível porque cada homem é singular,
de sorte que, a cada nascimento, vem ao mundo algo singularmente novo.
Desse alguém que é singular pode-se dizer, com certeza,
que antes dele não havia ninguém.
Se a ação, como início, corresponde ao fato do nascimento,
se é a efetivação da condição humana da natalidade,
o discurso corresponde ao fato da distinção 
e é a efetivação da condição humana da pluralidade,
isto é, do viver como ser distinto e singular entre iguais.



Hannah  Arendt