Siddharta

Siddharta Gautama, o Buda, foi um príncipe oriental que viveu entra 563 - 483 a. C. em Kapilavastu, capital do reino de Çakya, ou tribo Sakya, na futura fronteira da Índia com o Nepal. Ele fundou o budismo, uma das principais religiões mundiais e, para os budistas, um modelo de perfeita virtude. 

O nome Çakyamuni, como também é conhecido, significa o santo dos Çakya. Filho de um rajá, o rei da tribo, da casta nobre dos chátrias, foi educado na abundância e no luxo, preparado para suceder o pai. Aos 16 anos casou-se com sua prima Yaçodhara


A partir dos 29 anos quando saiu do palácio em sua carruagem, com o cocheiro Channa, observando as casualidades que encontrou ao longo de seus passeios, começou a refletir sobre a velhice, a dor, a morte, etc, e a superação de tudo isso mediante a contemplação, o que viria a ser a base do budismo. Aos 30 anos, deixou a corte e todas as suas riquezas, inclusive a esposa e, mesmo sabendo que se tornara pai, rumou para o sul, onde encontrou seu primeiro mestre: Alara Kalama. Com o segundo, Uddaka Ramaputta, atingiu um estado espiritual superior e, seguindo seu caminho, chegou a uma aldeia chamada Senanigama, onde, conforme as práticas dos brâmanes, sujeitou-se durante seis anos às mais severas privações e mortificações, junto com cinco discípulos. 


Seguiu para o noroeste da Índia, em Gaya, mais tarde Buddh Gaya, onde, segundo os escritos sagrados, sentado embaixo de uma árvore, alcançou finalmente o nirvana, ou seja, o estado que permite contemplar o ciclo da reencarnação universal, conscientizar-se das próprias encarnações passadas e encontrar o meio de superar a dor. Tinha então 35 anos. Em Buddh Gaya até hoje se venera uma árvore descendente daquela em que ele descansou. Em pouco tempo, os seguidores aumentaram e, preparados, foram enviados para pregar a nova mensagem à humanidade. Por sua vez, dirigiu-se para Uruvela, onde fez o célebre sermão de fogo e, seguindo sua peregrinação e conquistando novos discípulos, visitou sua família e converteu seus pais, a mulher, o filho Rahula e o primo Ananda, que se tornou seu principal apoio. 


Convidado para o reino de Kossala, fundou em Rajagaha, sua capital, na região de Bihar, o famoso mosteiro de Jetavana, o primeiro centro de irradiação do budismo para o resto da Índia e para os países próximos. Também ali decidiu que as mulheres podiam entrar para a ordem como monjas e seguiu pregando ensinamentos filosóficos místico-humanitários, fazendo muitos discípulos e seguidores, até sua morte em Kusinagara, Oudh.




Caridade

Hoje eu sentei e tentei várias vezes escrever uma coisa sobre o encontro de ontem. Eu peguei várias vezes o telefone para ligar e dizer algo indizível. Eu consegui ouvir Captain Beyond. Eu lembrei de quando eu pegava o Guanabara, às 18h30 na sexta, sempre colocava 'midnight memories' no meu mp3 e esperava seis longas horas pra chegar no meu lar. Sim, era pra te ver... Por algumas vezes o circuito Teresina-Parnaíba não tinha muita graça, e eu evitei ouvir Captain Beyond, Os Mutantes e Thin Lizzy simplesmente porque essa era a minha trilha pra matar a saudade. Eu sabia que no fim eu teria uma recompensa: um show, sunday de morango do bob's, um abraço, um beijo, uma cerveja...

Não liguei, não mandei whatsapp.

***

São quase 1h30 da manhã, estou quase terminando de ler o livro Mediunidade e Evolução. Parei no capítulo 44 'Mediunidade e Caridade'. Resolvi escrever no blog porque esse capítulo me lembrou de uma pessoa que falou que a caridade espírita não passa de esmola.

Desde quando decidi me reavaliar e iniciar uma reforma íntima buscando o autoconhecimento, através da filosofia oriental e do espiritismo, resolvi mudar alguns parâmetros e determinismo que no meu ponto de vista eram dogmas. Ainda estou processando, o caminho não é fácil.

Quando a gente fala de caridade pensamos imediatamente em caridade material: doar alimentos, roupas, sapatos, remédios e qualquer outra ação que é realizada por meio do uso material ou financeiro. Infelizmente esquecemos da caridade espiritual, esta ocorre independente das imposições materialistas. Na caridade espiritual podemos doar o perdão, a tolerância, a compreensão, preces, vibrações, palavras de conforto e carinho.

A caridade é um ato de delicadeza fraterna, nunca pode ser acompanhada de humilhação, mas de brandura, discrição, amor. Ela abrange todos os tipos de relações interpessoais, posso fazer caridade à qualquer pessoa independente de sua cor, orientação sexual e condição socioeconômica. Devemos levar sempre essa máxima: "fazer com os outros apenas o que gostaríamos que fizessem a nós", afinal a verdadeira caridade não espera retribuição.

O Código Jedi

Não há Emoção, há Paz!
Não há Ignorância, há Conhecimento
Não há Paixão, há Serenidade
Não há Caos, há Harmonia
Não há a Morte, há a Força!

Prece

Rezar é um ato natural.
Todas as sociedades, desde as mais primitivas,
louvam e agradecem à uma -  das várias
feições interpretativas da divina ideia de Deus.

Coração...

''O problema não sou eu. Eu não crio expectativas demais. A culpa não é minha. Só não sei pensar pequeno, pensar em uma noite, uns beijos, uma gozada e fim. Quero mais. Muito mais. Quero saber das tuas séries favoritas, do livro marcado no fundo da gaveta, do seu amor de infância, da sua música preferida e do significado da vida para você. Erroneamente chamam isso de criar expectativas, ora, não estou criando nada, só não aprendi a viver com migalhas. Sou muito e por isso quero mais. Não espero que o garçom me traga um copo pela metade, porque diabos faria isso no amor? Se você se contenta com pouco, eu sinto muito. Não, isso não foi um pedido de desculpas.'' +Espírito Livre 


Simples de Coração

Tanta gente fala de simplicidade sem querer dizer nada. Ninguém é melhor que ninguém, não se mede o caráter e a moral de uma pessoa pelo terno, pela casa mais bonita ou pelo carro do ano. O que importa não é o que você possui materialmente, não é o seu salário e nem sua classe social. O que importa é o que você tem em seu coração, o respeito ao próximo, a gentileza, a gratidão, a alegria, a responsabilidade, o altruísmo, a beleza...
Talvez um dia, o homem passe a julgar o outro não pelo olhos, mas usando o sentimento. Talvez o homem um dia se importe mais com sua índole, com a sua natureza e não apenas com a sua condição na Terra. Triste daquele que acha que tem tudo por possuir bens e status, no fim isso não serve pra nada.
Sejamos diferentes, tenhamos Deus no coração, pois com Ele nunca faltará nada em nossas vidas e não existe uma riqueza maior que o discernimento, a sabedoria! Não há melhor condição que ser agradável aos olhos de Deus. Sigamos contando aprendizados e não riquezas.

Maria de Nazaré, por Miramez/ João Nunes Maia


"Vidas exemplares nunca exigem: São doadoras eternas, na eternidade da própria vida"

"Há hoje, no mundo, um movimento, como nunca houve, sobre a libertação da mulher e, em certos aspectos, ele é necessário: no entanto, a própria mulher haverá de reconhecer que a verdadeira libertação nasce internamente, mostrando externamente as consequências."

"Falamos muito de amor e, principalmente, no de Maria, terminando com a excelência do amor de Jesus para com a humanidade, mas somente falamos, pensamos e escrevemos; na hora de viver esse amor sublimado, mesclamos nele o nosso egoísmo, amor próprio, como se fosse o amor verdadeiro. Temos muito o que aprender sobre o amor universal, aquele descrito por Paulo de Tarso, em sua primeira carta aos Coríntios, capítulo 13, 1:13 - onde se universaliza o amor, nada falta, tendo-se tudo com abundância."

"Cada criatura tem uma missão, cabendo-nos cumprir os nossos deveres diante da vida"

 

A memória é uma ilha de edição.

Esgotado o eu, resta o espanto do mundo não ser levado junto de roldão. 
Onde e como armazenar a cor de cada instante?
Que traço reter da translúcida aurora?
Incinerar o lenho seco das amizades esturricadas?
O perfume, acaso, daquela rosa desbotada?

A vida não é uma tela 

e jamais adquire o significado estrito que se deseja imprimir nela.
Tampouco é uma estória em que cada minúcia encerra uma moral.
Ela é recheada de locais de desova, presuntos, liquidações, queimas de arquivos,divisões de capturas, apagamentos de trechos, sumiços de originais, grupos de extermínios e fotogramas estourados. Que importa se as cinzas restam frias ou se ainda ardem quentes se não é selecionada urna alguma adequada, seja grega seja bárbara, para depositá-las?

Ansiedade Generalizada

The Mighty perguntou aos seus leitores que sofrem de ansiedade o que eles gostariam que seus amigos soubessem.
Vejamos o que eles têm a dizer:
  1. “O que pode parecer irracional para você, é bem real para mim.” — Paige Johnson
  2. “Eu nunca sei quando a ansiedade vai atacar. Quando isso acontecer, vou precisar da sua ajuda.” — Dani Hazlewood
  3. “Eu não estou evitando você. Em certos momentos, pode ser difícil falar ao telefone e fazer planos. Não é como se eu não quisesse desesperadamente conversar. É que nem sempre eu consigo.”— Marie Abbott Belcher
  4. “Não desista de mim quando eu me isolar.” — Jen Jolly
  5. “Ajuda muito quando alguém que eu amo e confio me lembra de respirar fundo.” — Tania Lynne Sidiqi
  6. “Seja paciente comigo; a ansiedade nem sempre se manifesta com um ataque de pânico. Ataques de raiva, que parecem uma manifestação extrema de frustração também são comuns.” — Tabitha Rainey
  7. “Mesmo quando tudo está bem, eu fico esperando algo horrível acontecer.” —Lindsay Ballard
  8. “Quando estou muito silencioso, não é tristeza, tédio, cansaço ou qualquer outra coisa. Às vezes, acontece tanta coisa ao mesmo tempo na minha cabeça que não consigo perceber o que está à minha volta.”— Amanda Jade Briska
  9. “Infelizmente, não posso apertar um botão e desligar a ansiedade.” — Katie Keepman
  10. “Em alguns momentos, sinto ansiedade, mas não tenho ideia do motivo pelo qual estou ansiosa.” — Laura Hernandez
  11. “Tudo pode mudar em menos de 30 segundos. Posso ter ataques se houverem muitas pessoas à minha volta, se não houver uma saída conhecida para uma determinada situação, etc.” — Ashleigh Young
  12. “É sério — não é você, sou eu. A ansiedade generalizada é como estar se afogando o tempo todo. Algumas situações da vida intensificam esta sensação. Não leve para o lado pessoal quando eu tiver dificuldades em fazer planos.”Cory Lee Tyler
  13. “Quando você me perguntar se está tudo bem e eu disser que sim, não pense que não confio em você. Na minha cabeça, você pode parar de me enxergar como uma pessoa gentil, divertida e tranquila se souber a verdade.” — Arianne Gaudet
  14. “Desculpe. Peço perdão por cada convite que recusei, por todas as vezes em que pareci irracional ou desagradável porque estava me sentindo oprimida e amedrontada. Peço desculpas pelas vezes que disse que faria algo, mas não fiz. Desculpe por minha ansiedade também afetar você.” — Melissa Kapuszcak
  15. “A ansiedade não tem um rosto. Não preciso estar tremendo ou ofegando para ter um ataque de ansiedade.” — Vicki Blank
  16. “Quando eu fico ansiosa demais para sair de casa, preciso que você me procure. Preciso saber que alguém se importa comigo e sente minha falta.”— Hayley Lyvers
  17. “Não me exclua. Minha ansiedade pode me impedir de fazer certas coisas, mas um simples convite pode mudar meu dia para melhor.”— Vikki Rose Donaghy
  18. “Por causa da ansiedade, eu analiso as coisas o tempo todo. Por mais que isso seja cansativo, não consigo desligar meu cérebro.” — Cailea Hiller
  19. “Ansiedade não é uma atitude.” — Clare Goodwin
  20. “Não precisa tentar me curar. Por favor, apenas me ame como eu sou.“— Carole Detweiler Oranzi
  21. “Quero pedir desculpas por todas as vezes que fugi de você. Por todas as vezes que precisei ir embora mais cedo e você não entendeu. Por todas as vezes que precisei lhe dizer não.”— Mary Kate Donahue
  22. “Na maioria das vezes, você não saberá que estou tendo um ataque de ansiedade se eu não disser.” — Kylie Wagner-Grobman
  23. “Se eu não me sentir confortável fazendo algo, não insista. Tentar me convencer só piora as coisas.” — Jennifer DiTaranto
  24. “Muitas vezes, a ansiedade me impede de socializar. Quando eu cancelo algo de última hora, nunca é devido à preguiça ou hostilidade. Saiba que se você precisar de mim, estarei ao seu lado da maneira que eu puder.” — Bridget Hamilton
  25. “Na maior parte do tempo, não sei direito o que acontece na minha cabeça. Eu entendo que posso ser complicada às vezes, mas suas tentativas de me compreender são muito importantes para mim.” — Avery Roe
  26. “Por favor, não me diga para superar isso ou que estou sendo boba.” — Carla Estevez
  27. “Quando eu cancelar planos com você sem explicar demais é porque tenho medo de admitir que estou sofrendo de ansiedade. Não tem nada a ver com você… é tudo culpa dos meus ataques de pânico.”— Dorie Cabasag-Smith
  28. “Por mais que eu costume recusar certos convites, continue me convidando assim mesmo. Alguns dias são melhores do que os outros, então minha resposta pode surpreender você. Seja paciente.”— Kara Edkins
  29. “Não leve para o lado pessoal quando eu não quiser sair. Minha zona de conforto é a minha casa. É o único lugar onde me sinto segura.”— Elizabeth Vasquez
  30. “Quando eu disser que não consigo aguentar mais nada, não é força de expressão.”— Christine L Hauck
  31. “Quando não consigo fazer algo, ninguém fica mais desapontada do que eu. Por favor, tente entender isso.”— Lindsey Hemphill
  32. “Em alguns momentos, eu só preciso ficar sozinha. Não é nada pessoal. Eu não sou louca. Não tenho problema algum. Só preciso sacudir a poeira e fazer algo divertido. Algumas vezes, preciso ficar sozinha para respirar fundo e me acalmar.” — Stacey Weber
  33. “Toda vez que conversamos, cada palavra da nossa conversa passa pela minha mente várias vezes. Se eu disser algo que talvez não devesse ter dito, mesmo que não seja nada do outro mundo, isso pode me deixar obcecada por anos.”Chelsea Noelani Gober
  34. “Eu não me defino por minha ansiedade, então não pense em mim desta forma.” — Abi Wylie
  35. “Eu sei que posso parecer ridícula às vezes, mas por favor, me ame assim mesmo.” — Melissa Renee Wilkerson
  36. “Dê-me um pouco de espaço, mas não se esqueça de mim.” — Vickie Boyette
Créditos: Sábias Palavras

Sobre autoestima



Créditos: @ProjetoMorrerDeAmor

Paciência, todos somos aprendizes.

Creia que todo aquele que pedir força a Deus, a Jesus, para sair da lama do orgulho, do egoísmo, conseguirá. Busque a sua fé no âmago da sua alma. Você é Luz! Você é Poder! Você é Força! Porque Deus esta em você e onde há presença divina, há poderes. 
Embora desconheça, você carrega uma verdadeira usina, um verdadeiro armazém. São bens que deverão ser multiplicados com sua inteligência e distribuídos com o seu coração, com a sua mente, com as suas mãos. Aja e verá o Sol nascer em você em cada ato de caridade. (...)

Você vai descobrir que somente precisa do necessário para viver. 
O supérfluo lhe causará transtornos e o necessário lhe dará o conforto do espírito.

Livro: A Força do Amor, capítulo 31
Autor: Jeremias
Médium: Evany Gomes

Meditação através da Ressonância Quântica Escalar


  • Escolho um pensamento bom. Quanto mais rápido chego num estado de sentir-se bem, melhoro minha vida e mais tenho oferecer ao outro.
  • Sentir-se numa cadeia de bem estar.
  • Descobrir a liberdade além dos sonhos extravagantes: sabedoria é acreditar que a minha alegria não depende de ninguém, nem de nada fora de mim - é um trabalho interior.
  • Sou livre para escolher e escolher novamente. Sempre focando a alegria.
  • Apreciar tudo ao meu redor e extrair as condições perfeitas para mim.
  • Pulverizar o mundo de apreciação, isso gera mudanças óbvias e positivas.
  • Gozar tudo de belo que a vida oferece.
  • Sentir-se uma extensão física de pura energia positiva e amor.
  • Deixar fluir essa energia positiva e o amor, dessa forma, tudo que quero flui rápido e facilmente para mim.
  • Controlo meus pensamentos, controlo o modo como me sinto e sou verdadeiramente livre.

Abrahams

Sobre meditar

Certa vez, um amigo me perguntou: como se faz para alcançar o tal silêncio interior que todo mundo diz? Eu não conheço esse silêncio! Então, respondi: você pode até não conhecer o silêncio, mas conhece o barulho.
A verdadeira meditação não está em uma postura, em um conjunto de exercícios físicos, em uma sequência de palavras, mantras, símbolos ou imagens. A verdadeira meditação não é um momento reservado para praticar a meditação, pois a meditação não está em praticar um ato. Meditar não é ficar em silêncio (parar os pensamentos) como muitos acreditam.
Meditar é conhecer a si mesmo. Conhecer as verdades por trás de cada pensamento. Descobrir as raízes (apegos) que levam ao sofrimento e se libertar. Não é mudar, é se libertar. Aquele que ainda acredita em uma mudança está preso ao ego e ao desejo de ser diferente, que é proposto pela mente.
Isso não é uma crítica. O desejo de ser diferente vai surgir em diversas circunstâncias. Ao invés de acreditar no desejo, busque meditar sobre o porquê daquele desejo de mudança lhe está sendo oferecido. Será que é um medo de ser criticado ou uma vontade de ser elogiado, por exemplo? Toda ideia que a mente propõe é baseada no egoísmo (crença num eu para esse eu ganhar). Logo, se investigue, conheça o seu personagem e se liberte dele.
Isso é vivenciado a cada momento. Meditação é autoconhecimento a cada instante.

@Conhecimento Interior


Limiar

De calças jeans, camisa de manga longa, casaco de moletom, tênis e ainda com aquela touca preta, saímos pela estrada. Você com aquela boina branca "estilo italiana negra" tentava me acompanhar pelo campo. Era crepúsculo, escurecia pouco a pouco... Aos poucos, no meio do mato aparecia um coreto que estava mais para um pátio de colégio: chão de cimento e teto com telhas já desgastadas. Havia muito mato, e cada vez mais escurecia.

Você conversava comigo pelo caminho aparentemente tentando me convencer a ir nesse "centro de recuperação", nessa espécie de purgatório, mas eu não hesitava em te seguir...
 Encontramos um muro no meio do nada, e logo à frente um portão que tinha a largura de uma porta. Você abriu e entrou primeiro. Pelo que vi, havia mais mato e fiquei meio preocupada, pois apesar de ainda estar um pouco claro, escurecia muito rápido...


Você olhou para trás e sem falar nada me chamou para entrar também. 
Mas eu não consegui. Senti uma mão forte segurar meus ombros e me puxar para trás. 

No mesmo instante fui levada para uma outra dimensão... Um quarto de hotel em Buenos Aires que mais parecia o inferno, muito fogo, fumaça, mãos tentavam escalar a parede, sombras, mãos escuras, muitos gritos, muitos pedidos de socorro. Sussurros no meu ouvido, pedidos de clemência e mais chamas, o quarto estava em chamas... Enquanto isso eu estava amarrada numa cadeira e tentava comunicação, tentava sair dali, pedir socorro, mas quanto mais eu gritava, menos a minha voz saía e eu sufocava...

Então, como num despertar de um pesadelo, quase perdendo as energias, algo saía pela minha boca numa velocidade muito rápida! E a medida que isso saía, as cordas afrouxavam e então pude voar e voltar.

Ciclos

"E você não gosta mais de mim
Vem dizer que eu não soube dar amor
E achar que a vida é mesmo assim
Cada um leva um barco sofredor
Meu baião, coração!
Arranca essa dor do meu peito, pra eu não chorar..."

Ainda lembro aquele dia em que você me achava forte,
você me falou: Um dia você vai me deixar.
E eu, com a certeza absoluta disse: Não, você que vai.
Eu era mais velha e super demais pra você.
Mas como a vida é feita de ciclos, esse ciclo chegou ao fim.
Eu fui obrigada a encerrá-lo. Por que aquele sonho acabou.
Pessoas crescem, vontades mudam.
Hoje você é homem feito e eu sou adulta.
Prioridades diferentes.

"Não vou dizer que foi ruim, 
também não foi tão bom assim...
Não imagine que te quero mal
Apenas não te quero mais!"

Sobre ser feliz

Quem é feliz não conta, não espalha, não grita aos quatro cantos. 
Quem é feliz, satisfaze-se por ser. 
Quem é feliz não precisa provar nada, simplesmente é. 
As pessoas felizes demais nunca me passaram confiança. 

Essa coisa de que a vida é uma festa 
e não existe nada errado, não me brilha aos olhos. 
Feliz é quem conhece o lado ruim e o respeita. 
Feliz é quem já foi infeliz. 

Somente quem já foi infeliz pode entender que a tristeza traz um punhado muito bom de aprendizados. O oba-oba de quem nunca se deixou entristecer não serve na minha vida. Felicidade não é sobre quem grita mais alto; é sobre quem sorri mais fundo.

C.C.

Plenitude

"O querer é de alta importância, representa não só a vontade interesseira e imediatista, mas todo o empenho, todo o investimento de recursos para adquirir-se o pleno comando dessa força e sua hábil canalização com objetivos elevados." D.P.F.


O caminho dos oito passos

Buda, no passado, recomendava uma via de salvação em oito passos que são indispensáveis para a iluminação pelo amor e a plenitude pela felicidade. São eles:


  1. A perfeita compreensão;
  2. Se preservar no caminho budista até alcançar a iluminação espiritual;
  3. Sempre falar de modo agradável, verdadeiro, côrtes e tranquilo;
  4. Não ser agressivo, não roubar, não ser sensualmente impuro, não mentir e não consumir substâncias intoxicantes;
  5. O perfeito meio de subsistência;
  6. Se esforçar para melhorar sua conduta e sua personalidade;
  7. Ter sempre atenção na sua conduta e seus pensamentos constantemente, procurando verificar eventuais erros que estejam acontecendo;
  8. A perfeita contemplação. Sempre meditar sobre os ensinamentos de Buda.

A mudança

Há muito tempo eu procurava algo que me preenchesse, que proporcionasse autoconhecimento e paz. Sempre ouvi falar da doutrina espírita, mas nunca tinha me interessado em conhecer. A partir de um convite para uma palestra tudo mudou. Foi na doutrina espírita que eu pude encontrar o que eu procurava... Ser espírita não é ser religioso e ter rituais para praticar, é viver a fé sincera. Não é ostentar uma crença e julgar as demais, é ser responsável, é superar a si mesmo. É um exercício diário de conhecer a si mesmo e constantemente promover a mudança pra melhor. O templo espírita é o coração, onde indistintamente procuramos nos melhorar e ajudar os outros a se melhorarem.

As leituras e as palestras espíritas me ajudaram muito, ainda estou engatinhando, pois só fazem 6 meses que eu a conheci. E é espantoso a mudança que eu pude perceber! A transformação dos hábitos, tudo flui, é incrível! O mais interessante é que ao me tornar simpatizante do Espiritismo, eu não precisei me fechar para o mundo, você simplesmente convive com as situações mundanas e não sofre qualquer alteração mental ou corpórea.

Isso não tem nada a ver em "ser diferente", é exatamente ao contrário! É ser igual: na casa espírita, com a família, na rua, com amigos, ao telefone, sozinho, na dor, na alegria, na saúde, na doença... É ter a consciência que somos iguais, que temos sentimentos e por isso devemos respeitar os outros, tratá-los como gostaríamos que fossemos tratados! Tão clichê né? Tão fácil falar... Mas isso, como já mencionei, é um exercício diário. Não é fácil!! Principalmente para uma pessoa como eu, muito individualista, passional e egoísta.

"Ser espírita... Não é mostrar-se que é bom; é provar a si próprio que se esforça para ser bom, porque ser bom deve ser um estado normal do homem consciente. Anormal é não ser bom. Ser espírita não é consolar-se em receber; é confortar-se em dar, porque pelas leis naturais da vida, "é mais bem aventurado dar do que receber". Via @EspiritaAtivista

Ansiedade Generalizada

Pensamentos que vagueiam.
Pensamentos tão distantes...
Pensamentos vem e vão.
Eles se multiplicam... E se? E se? E se?
Hoje as coisas começam a ficar mais claras, começam a se encaixar. Já sei o que esta acontecendo, é mais fácil com os pés no chão seguir a rota. O processo é lento e doloroso, altos e baixos, a vigilância tem que ser constante. As frases que antes eram refletidas e refletidas e refletidas, não mais afetam. Substituição. A corda suspensa ainda esta lá, imaginária, equilíbrio, sanidade. Seguir é o plano, passo a passo, lei universal, sem vacilo.

A palavra de ordem é: VIVA.

Ninguém te entende.
Ninguém sabe o que acontece dentro da tua cabeça.
Ninguém sabe dos teus medos.
Ninguém sabe da tua luta diária para matar um leão todo dia.

O leão um dia chama-se Humilhação, outro dia Cobrança, Criatividade, Mudança, Tristeza, Impotência, Vazio, Ignorância, Saudade... A partir de hoje são mais 363.

Outubro/2015, com altos e baixos o ano sabático começou.
Difícil recomeçar. Muito.

Fácil se tua vida é cheia de curiosidade, fé e vontade.
Fácil se há vontade de descobrir os prazeres da vida, ser ativo.
Fácil se te rodeiam pessoas leais, amigas, lugares interessantes, conversas agradaveis.

E quando você tem a sensação de que era exatamente ali que gostaria de estar,
mas tem que fugir dele... É muito difícil. Essa decisão dilacerou meu coração.

Tudo passou, simplesmente hoje não tem graça.
Aqui, nessa cidade, tanto faz qual filme esta em cartaz, tanto faz ter um carro pra poder viajar, tanto faz os planos. Tanto faz. Tudo esta fora de lugar.

Praia e serra, tanto faz... O melhor lugar do mundo é numa escrivaninha.
O melhor lugar do mundo é olhar o fim de tarde, o céu cinza dessa escrivaninha.
Qual teu lugar no mundo?
"Como é ter um lugar no mundo?"
Existem sentimentos tão puros, tão genuínos, tão nobres que nenhum homem na face da Terra deveria ter o prazer de senti-los.

O grande presente dos deuses é a mudança.
Nada é permanente. O que me conforta é que esse inferno vai passar.
Esse inferno de gostar do que não é certo, esse inferno de querer estar dentro.
Tudo já foi vivido, tudo já basta.