Depois de você.

A tua presença cativa e incomoda.
Imagine os ventos do norte soprando depois de um mergulho no mar:
Primeiro vem o prazer, e depois, ao sair da água, o frio...
O primeiro ato é abraçar-se, mesmo assim o corpo todo treme.
Falta algo.
Isso acontece quando você me deixa,
Quando me solta, quando me deixa à toa...
Que maldade deixar-me tanto tempo longe de você!
Quanto tempo? Sim, uma noite é muito tempo para quem tem vontade.

Depois de você, para quê poetas e canções de amor?
Depois de você, tudo vale a pena,
Tudo faz sentido, tudo é permitido (entre nós dois).